Copa de 1982

Copa de 1982
Lembranças da Copa do Mundo de 1982: veja o artigo que escrevi sobre o melhor mundial de todos os tempos

segunda-feira, 20 de abril de 2015

A História dos Botões Sportec

Reportagem de Ricardo Bucci - jornalista de Botões para Sempre
Que me desculpem aqueles colecionadores que afirmam que este produto nunca foi divulgado. A extinta Sportec anunciava exaustivamente seus botões, especialmente na Revista Placar, como mostrarei logo abaixo. Os saudosos botões nasceram oficialmente, a partir do antigo número de registro CGC/CNPJ, que pesquisei, em 24 de Março de 1980. E, na referida década, infelizmente, tiveram vida curta. Na semelhança com a Brianezi apenas os escudos e números que eram idênticos. Feitos em 'decalcomania', ou seja, que saíam em água. O material do botão era diferente: um plástico mais duro que os celulóides da Brianezi. Porém, extremamente maleável, macio na mesa. Como no caso de outras marcas, era comum também verificarmos, após um grande determinado uso dos botões, problemas de 'descascamento' da tinta que envolvia os mesmos.
A fábrica lançou também uma versão denominada de "Camisas" dos clubes e seleções. Estes botões eram  flexíveis, ótimos para encobrir os goleiros. Sua jogabilidade era excelente.
Segundo informação do pesquisador de futebol, Rodolfo Stella, "os botões Sportec eram fabricados inicialmente pelo Júlio, e depois pelo Lúcio". A marca tinha sede na Rua Clodomiro Amazonas, no bairro do Itaim Bibi, em São Paulo. Ela podia ser facilmente adquirida em lojas de esportes de tamanho pequeno a médio. Tanto que no começo daquela saudosa década comprei dois times de versões "Camisas" (Palmeiras e São Paulo) numa lojinha de artigos esportivos na Rua José Maria Lisboa, de nome 'Esportes London'. Gostei bastante da qualidade e pasmem, nunca mais comprei nenhum Palmeiras e São Paulo de outras marcas.
A primeira leva de produção apresentava como destaque as principais equipes brasileiras, alguns times internacionais como o lendário New York Cosmos, justamente para rivalizar com outras marcas como a Crak´s e a Brianezi, esta última, detentora da primeira fabricação do time norte-americano. Mas a empresa se notabilizou mesmo na produção de todas as 24 seleções que participaram do Mundial de 1982. Conforme pesquisa que realizei em edições antigas da Revista Placar, a Sportec divulgava quase toda a semana os botões daquelas seleções que fizeram parte de uma das edições mais brilhantes da história das Copas do Mundo. A curiosidade ficava por conta de uma Itália desta marca que meu irmão comprou, pela primeira vez, no começo dos anos 80. Os botões participaram de um torneio, com direito a 'Taça', promovido por amigos do meu Colégio. Na oportunidade a seleção 'Azzurra', comandada pelo irmão, sagrou-se campeã daquele campeonato. Só que, infelizmente, não sabemos mais que fim levou aquela Itália da Sportec. Porém, depois de 30 anos, eis que surgiu a mesma Itália da Sportec, que entrou para a minha coleção.
Para o colecionador e ex-presidente da Federação Paulista de Futebol de Mesa, Jorge Farah, "podíamos também encontrar esses botões sem decoração e você montava. O cliente comprava um Kit que vinha a arte acompanhada dos escudos em 'decalc', junto com as respectivas tampas transparentes", relembra Farah.
Propaganda dos anos 80 da Sportec na Revista Placar
Propaganda da loja 'A Esportista', na Revista Placar, anos 80: reparem na caixa típica dos botões como esta Holanda acima. Nas lojas podíamos também adquirir um Kit para montar e pintar os botões
Anúncio da Loja Sports Spada sobre os botões Sportec, na Placar, de 1981: veja a descrição do texto contendo todas as seleções durante a Copa do Mundo de 1982, na Espanha
Lote muito antigo, início de 1980, que pertence a minha coleção particular
O New York Cosmos da extinta fábrica de minha coleção: reparem na caixa padronizada
A Itália, seleção que meu irmão tinha idêntica nos anos 80. Na época ele sagrou-se campeão, com este mesmo time, de um torneio de botão feito pelos amiguinhos do meu colégio.
O Cruzeiro-MG com escudo na lateral da caixa, relíquia de 1980, de minha coleção
Meu Palmeiras da Sportec, na versão "Camisas", dos anos 80
Exemplos de times da primeira leva de produção da fábrica. Coleção de Jorge Farah

Nenhum comentário:

Postar um comentário