Copa de 1982

Copa de 1982
Lembranças da Copa do Mundo de 1982: veja o artigo que escrevi sobre o melhor mundial de todos os tempos

sábado, 28 de janeiro de 2012

O 'Pelé do Botão'

Olá, amigos! Todos devem ter algum botão que se destaca mais na coleção. Não é verdade? Pois bem, apresento-lhes o meu melhor botão, o maior craque de todos os tempos: o número 9 do Manchester United, da antiga fábrica Brianezi, produzido no final da década de 70 / início da de 80. Com passes precisos e chutes soberbos, muitos gols que encobrem com facilidade qualquer goleiro, ótimo em cabeçadas, ligeiro, rápido, desliza uma barbaridade, como se fosse um 'veludo' na mesa. Este número 9 do Manchester qualquer time gostaria de contar, pois é o atacante clássico que sempre faz gols decisivos, capaz de desiquilibrar uma partida.
Craque. Gênio. Uma lenda. Assim podemos definir o número 9 do Manchester United, comprado pelo meu pai no começo dos anos 80, numa loja de esportes no Shopping Iguatemi, em São Paulo. Logo quando este jogador entrou em campo, já percebemos o seu enorme talento. Era sem dúvida, na época, o melhor Brianezi do bonito clube inglês, feito em celulóide importado, de material fléxivel, os famosos 'duas faixas' da fábrica do Belenzinho. Lúcio Brianezi, que tocava a empresa, estava como sempre inspirado em suas miniaturas de futebol. O botão, além de lindo, é perfeito sob todos os aspectos. Desliza perfeitamente em qualquer mesa, seja em eucatex, dos Estrelões, às mesas oficiais (como é o caso da Olliver, que adquiri recentemente), do melhor fabricante nacional de mesas de botão. Passados quase 40 anos de fabricação, o número 9 do United é o Pelé do Botão, se a bolinha parar nele, é certamente lance de perigo e atenção da defesa adversária. Fatalmente ele tentará encobrir o goleiro. Aliás, mais uma de suas características: é o botão que melhor encobre o goleiro. O chute é sempre perfeito. No ângulo. Parabéns, 'Pelé de Botões para Sempre'. Continuará brilhando para 'sempre' em qualquer campo do nosso esporte!

3 comentários:

  1. Incrível!!! Tenho um jogador assim na minha coleção também. É um Gulliver do final dos anos 70, que está na lateral direita do meu time do Bragantino. O aproveitamento dele é surpreendente. Nos campeonatos de tiro livre do meio de campo das minhas pré-temporadas, em que cada time envia um jogador, ele tem sempre aproveitamento na faixa de 80% e venceu todas as 5 edições desse "torneio" na série A.

    ResponderExcluir
  2. Obrigado por gostar da postagem! Interessante o seu jogador do Braga, todos que colecionam e jogam também tem histórias para contar! abs,

    ResponderExcluir
  3. Curiosa a postagem...sempre tem um botão destes que marca mais que os outros...coisas do fut mesa!

    ResponderExcluir