Copa de 1982

Copa de 1982
Lembranças da Copa do Mundo de 1982: veja o artigo que escrevi sobre o melhor mundial de todos os tempos

domingo, 24 de abril de 2011

Cartelas históricas da Coleção Onze de Ouro

Olá, amigos colecionadores! "Botões para Sempre" recebeu uma grande novidade pelo e-mail! São as cartelas, em alta resolução, da Coleção Onze de Ouro, enviadas pelo colecionador Armando Teixeira. Agradeço ao amigo Armando estas relíquias históricas, cobiçadas por muitos colecionadores.
Eis abaixo as cartelas, uma ótima oportunidade para adesivar/colar em qualquer botão.
Abraços a todos,

Cartelas do Estado de São Paulo
 Corinthians
Palmeiras

 Santos
 São Paulo
Portuguesa

Cartelas do Rio de Janeiro
América - o querido Ameriquinha!
 Botafogo
 Botafogo sem N.Santos

 Flamengo
 Fluminense

 Vasco da Gama

Cartela da Seleção Brasileira
A história da Coleção Onze de Ouro

Esta coleção, como o próprio nome sugere, foi feita em homenagem às seleções de 1958 e 1962 e os times que possuíam jogadores nestas seleções e que tinham maior destaque à época no Brasil que eram os cinco paulistas: Corinthians, Palmeiras, Santos, São Paulo e Portuguesa, e os cinco cariocas: Flamengo, Botafogo, Vasco, Fluminense e América.
A coleção, muito procurada por colecionadores, teve duas etapas: A primeira em 1964 e, a segunda, em 1965. Eram botões vendidos em bancas de jornais, em pacotinhos com um botão dentro e para se conseguir as palhetas, goleiros e as traves era necessário trocar "jogadores chaves" pelos mesmos.
                             Brasil e Uruguai, Pacaembu, anos 60 ("A história ilustrada do futebol brasileiro")

4 comentários:

  1. A coleção Onze de Ouro realmente merece ser considerada como especial. A venda dos pacotinhos nas bancas foi uma novidade, os botões eram ótimos, aquela tampinha por baixo... As ilustrações estampadas apresentavam com graça o corpinho do jogador uniformizado com a foto do rosto, nome, número e distintivo. Os times de SP continham como pano de fundo a concha acústica do Pacaembú e os do Rio o Maracanã... Lembro que vinha 3 botões por pacotinho... Em 1965 como uma febre, a mania se espalhou por toda a cidade de São Paulo. A diversão coletiva era praticar o jogo, no chão ou na mesa, recriando no imaginário de cada um os campeonatos de futebol. As regras foram pipocando livremente em soluções espontaneas, os 3 toques por botão se consagrou assim como o uso do dadinho como bolinha, os goleiros eram feitos de caixa de fósforo...
    Época de ouro do futebol brasileiro !

    ResponderExcluir
  2. Belíssimo texto, parabéns! Obrigado, abraços, Ricardo

    ResponderExcluir
  3. Olá pessoal. Realmente quem jogou botão na vida não esquece. Aqueles campeonatos com a molecada da rua...hoje em dia é o PES que manda. Mas enfim...as coisas evoluem, fazer o quê. Eu gostaria de comprar 20 botões vazios tipo 11 de ouro para recriar os times que eu tinha na época usando essas fantásticas cartelas que vocês publicaram. Se alguém souber quem vende, por favor me avise. Posso também trocar por dois times da Brianezi (Coritiba e Atlet. Mineiro)de 1974 que eu tenho completos. Meu e-mail é josedocarmolopes@gmail.com Um abraço a todos

    ResponderExcluir
  4. Tempos em que a gente sonhava e imaginava grandes espetáculos.... Tinha-mos criatividade ...

    ResponderExcluir